Sociedade de Pneumologia e Tisiologia
do Estado do Rio de Janeiro

logo facebook  logo twitter

 


“Dormir bem faz bem!”

A Associação Brasileira do Sono é responsável no mês de março pela organização em todo o território nacional de atividades voltadas para conscientizar a população com relação às doenças do sono e sua  importância para a saúde e a qualidade de vida.  Muitas pessoas são portadoras de distúrbios do sono e desconhecem esta condição. As alterações são na sua grande maioria evitáveis ou tratáveis, mas poucos o fazem por desconhecerem a presença destas anormalidades.

Aproveitando o momento estamos lembrando aos colegas pneumologistas o material de revisão excelente que dispomos no nosso site  no espaço destinado aos profissionais da saúde com tópicos sobre Apneia obstrutiva do Sono e um material voltado  para o público em geral no Espaço Respirar. 

Seguem também 2 links da Associação Brasileira do Sono, que dão acesso à cartilha do Sono e  a outras informações.
Boa leitura.
Sopterj.

Doenças do Sono - Apneia do Sono

  1. Perguntas e respostas sobre Apnéia do Sono
  2. Os 10 mandamentos do bom sono
  3. Teste para avaliação do seu Sono

*Cartilha do sono

*Semana do sono


Aulas/Palestras sobre DPOC - Rede Galanti de Farmácias

Data - 16 de novembro
Horário - 19h
Local - R. do Imperador, 09 - Centro - Petrópolis
DR. HÉLIO SANCHEZ

Data - 17 de novembro
Horário - 8h
Local - Av. Nossa Sra de Copacabana nº 656 lj A - Copacabana - RJ
DR. LUIS PAULO LOIVOS

Data - 17 de novembro
Horário - 14h
Local - Rua Coronel Luiz Ferraz, 397 0 Centro - Itaperuna - Auditório do Hospital São José do Avaí
Atualização em DPOC para alunos fa graduação em Medicina

Data - 17 de novembro
Horário - 16h
Local - R. Dezesseis nº 79 - Volta Redonda
DRA. RENÁ SIMÕES CLEMENTE GERAIDINE

Data - 17 de novembro
Horário - 19h
Local - Rua Coronel Agostinho nº153 - Campo Grande - RJ
DR. WALTER COSTA

Data - 18 de novembro
Horário - 15h
Local - R. José Clemente nº 42 loja 01 - Piso - Centro - Niterói
DR. RODOLFO FRED BERSHIN

Data - 22 de novembro
Horário - 15h
Local - R. Getúlio Vargas nº 90 - Centro - Nova Iguaçu
DRA MARIA DAS GRAÇAS


Dia Mundial da DPOC

      Na segunda quinzena de novembro (16) a Sociedade de Pneumologia e Tisiologia do Estado do Rio (SOPTERJ) colocará em cena a Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica (DPOC), popularmente conhecida como enfisema pulmonar, as vezes simplesmente como bronquite.

      Dessa vez na intenção é de lembrar que ela é uma das responsáveis pelo maior número de mortes no mundo! Apesar de poder ser tão grave e devastadora, ela é fácil de prevenir: Diga não ao fumo já que o consumo de tabaco é disparado a maior causa dessa doença! E mantenha o seu “check up” anual em dia, incluindo a avaliação da parte pulmonar, principalmente se você ainda fuma (se esforce em parar) e os ex-fumantes. A doença perde apenas para o infarto e o acidente vascular cerebral, em números de óbitos no mundo todo e ainda parece desconhecida para a grande maioria da população.

      Segundo o médico pneumologista Arnaldo Noronha, responsável pela Comissão de DPOC da Sociedade de Pneumologista do Estado do Rio (SOPTERJ), essa é uma doença altamente prevalente e ligada diretamente ao tabagismo, em suas mais diversas formas (cigarros, cachimbo, charuto, cigarros de Bali, narguilé e até cigarro eletrônico). Cerca de 85% dos pacientes adquiriram a doença por meio do tabagismo.

      “Geralmente as pessoas que fumam há muito tempo, acima dos 40 anos de idade, são as que têm a doença e não sabem. O pior é que, quando elas apresentam os sintomas de cansaço e tosse, acham que é coisa normal, da idade e não procuram um médico. Quanto mais tarde for diagnosticada a doença, maior será o risco”, alerta Arnaldo Noronha.

      Segundo o Ministério de Saúde, a cada hora três brasileiros morrem em decorrência da Doença Pulmonar Obstrutiva Crônica. No País ocorrem cerca de 40 mil mortes a cada ano. Os principais sintomas são a dificuldade de respirar e ao cansaço progressivo que dificulta a realização de atividades simples do dia a dia como andar, subir escadas, trocar de roupa ou tomar banho, mas como o Dr. Arnaldo Noronha sinalizou, especialmente no início, essas dificuldades não são percebidas pelos pacientes.

      O médico pneumologista Gilmar Zonzin, presidente da SOPTERJ, enfatiza que o principal e mais importante exame para se diagnosticar a doença é a espirometria, conhecida também como “teste do sopro”. Consiste num procedimento simples que permite medir a quantidade de ar que entra e sai dos pulmões.

      “Esse exame é pouco solicitado e as pessoas não conhecem e precisam demais dele. Geralmente se pede uma radiografia do tórax apenas nas pessoas que fumam ou já fumaram e a radiografia não identifica a DPOC, e só aparecem alterações nela em pacientes muito graves, ou seja: o paciente tem cansaço, falta de ar, tosse, fuma e faz um raio X do pulmão que vai estar normal e acha que está tudo bem. O exame que retrata a real situação pulmonar do paciente na maior parte dos casos é a espirometria. Entao, diante dos sintomas, esse procedimento de solicitar apenas a radiografia está completamente errado. A DOPC é uma doença que hoje em dia tem tratamentos muito eficazes e apesar de não termos a cura para ela, conseguimos melhorar e muito a qualidade de vida e aumentar a expectativa de vida das pessoas que tem esse diagnóstico”, explica Gilmar Zonzin.

      “Quanto mais precoce for o diagnóstico, mais eficaz será o tratamento, diminuindo a velocidade de progressão da doença e proporcionando mais qualidade de vida ao paciente por maior tempo”, afirma Arnaldo, lembrando que desde 2014, o Sistema Único de Saúde incluiu novos medicamentos para atender a população de baixa renda. O Ministério da Saúde estima que até 5 milhões de brasileiros tenham a doença.

12 de Novembro
Dia Mundial da Pneumonia

16 de Novembro
Dia Mundial da DPOC

27 de Novembro
Dia Nacional de Combate ao Câncer

Arnaldo Noronha – 999893021
arjonofi@gmail.com


Nos dias 5 e 8 de setembro é celebrado o Dia Nacional e Mundial, respectivamente, de Conscientização e Divulgação da Fibrose Cística, que atinge um em cada 10 mil nascidos, tendo o Brasil cerca de 4 mil pessoas em tratamento.

O mês de setembro foi escolhido porque no dia 8 em 1989, o gene causador da doença foi descoberto. Neste mês o Instituto Unidos pela Vida http://unidospelavida.org.br em parceria com associações de assistência de todo o Brasil, estará promovendo campanhas voltadas para esta doença genética, que atinge um em cada 10 mil nascidos, estando no Brasil cerca de 4 mil pessoas em tratamento.

A Fibrose Cística não tem cura, mas o diagnóstico precoce, realizado com o Teste do Pezinho e um plano de tratamento abrangente, ajudam a conter seus sintomas e a melhorar a qualidade de vida dos pacientes.

Considerando que o comprometimento pulmonar é responsável pela maior incidência de morbimortalidade dos pacientes, é importante que o pneumologista esteja atualizado em relação à Fibrose Cística, por isto nossa preocupação em disponibilizar este material no site da SOPTERJ voltado para os profissionais médicos e para o público em geral visando facilitar o acesso a informações sobre o tema.

Para esta campanha contamos com o apoio da Dra. Mônica Firmida (professora da Faculdade de Ciências Médicas da UERJ, membro da equipe multiprofissional que acompanha adultos no RJ), profunda conhecedora do assunto, a quem agradecemos imensamente pelo material por ela elaborado e também por ter dividido conosco sua experiência, ideias e sugestões. Agradecimento especial também ao nosso web designer Caique Nunes sempre enriquecendo e complementando nossas ideias.

Acessem
http://www.sopterj.com.br/respirar/ Perguntas e respostas sobre Fibrose Cística/
Entrevista sobre Fibrose Cística Dra. Mônica Firmida/ ONG Unidos pela Vida.

http://www.sopterj.com.br/profissionais/ Fibrose Cística-Revista do Hospital Universitário Pedro Ernesto/ Fibrose Cística no adulto: aspectos diagnósticos e terapêuticos/ ONG Unidos pela Vida/ Perguntas e respostas sobre Fibrose Cística/ Entrevista sobre Fibrose Cística Dra. Mônica Firmida/ ONG Unidos pela Vida.

Não deixem de curtir, compartilhar e divulgar nossa página oficial no Facebook
www.facebook.com/sopterj.oficial

Boa leitura.

Rená Simões Geraidine Clemente
Secretária de Divulgação da SOPTERJ


Perguntas e respostas sobre Fibrose Cística
Colaboração: Dra. Mônica Firmida - Pneumologista pediátrica do Hospital Federal de Bonsucesso, professora da Faculdade de Ciências Médicas da UERJ.

Entrevista sobre Fibrose Cística Dra. Mônica Firmida
https://m.youtube.com/watch?v=EGNCUbXLcUY

ONG Unidos pela Vida: http://unidospelavida.org.br


 

O Dia Mundial sem Tabaco, comemorado anualmente em 31 de maio, foi criado em 1987 pela Organização Mundial da Saúde (OMS), como um alerta sobre as doenças e mortes evitáveis relacionadas ao tabagismo. A epidemia global do tabaco mata quase 6 milhões de pessoas por ano. Destas, mais de 600 mil são fumantes passivos.

Se nada for feito, estão previstas mais de 8 milhões de mortes por ano a partir de 2030. Mais de 80% dessas mortes evitáveis atingirão pessoas que vivem em países de baixa e média rendas.

No Brasil, desde 1989, o INCA é o responsável pela divulgação e elaboração do material técnico para subsidiar as comemorações em níveis federal, estadual e municipal.

Para 2016, a OMS definiu como tema as embalagens padronizadas de cigarro e correlatos para ser trabalhado internacionalmente.

Ter embalagens padronizadas significa que todas as embalagens de cigarro e outros produtos de tabaco passam a ser iguais, seguindo um padrão definido pelo governo, que determina forma, tamanho, modo de abertura, cor, fonte, mantendo-se apenas o nome da marca. Nesta embalagem não existem logotipos, design e textos promocionais. São mantidas as advertências sanitárias sobre os malefícios do tabagismo, exigidas pelo Ministério da Saúde, e o selo da Receita Federal.

A Australia http://news.bbc.co.uk/2/hi/asia-pacific/8650520.stm, desde 2012 vem adotando este sistema e em fevereiro de 2016, foi apresentado um relatório que demonstrou que a medida foi responsável por 25% da queda na prevalência de fumantes, que caiu de 19,4% para 17,2% nos últimos três anos.

Acredita-se que os efeitos dessa política tenda a crescer ao longo do tempo e muitos países já estão aderindo a esta prática, que é sem dúvida mais um grande passo na luta contra o tabagismo.



Você pode controlar sua Asma!!!

                           

3 de Maio de 2016  "Dia Mundial da Asma".

   

A asma é uma doença crônica comum, subdiagnosticada e subtratada, que afeta cerca de 300 milhões de pessoas em todo o mundo.

Atingindo crianças e adultos e sendo potencialmente grave, a asma pode ser controlada garantindo ao paciente uma qualidade de vida normal com o tratamento correto e acompanhamento através de consultas médicas regulares.

Existem muitos mitos, preconceitos e principalmente desconhecimento com relação a ela e aos medicamentos usados, o que dificulta muito que se siga corretamente o tratamento, por este motivo é fundamental a educação do asmático com relação a sua doença.

A SOPTERJ está  promovendo uma campanha educativa com informações sobre essa doença, com diversos pneumologistas que estarão apresentando palestras ao público em diferentes locais do estado.

As atividades estão previstas na cidade do Rio de Janeiro (Copacabana, Campo Grande, Meier e Tijuca), em Niterói, Nova Iguaçu, Duque de Caxias, Itaperuna, Petrópolis, Teresópolis e Volta Redonda.

As palestras vão acontecer no primeiro final de semana (07/05) depois do Dia Mundial do Combate à Asma (03/05).      

 




“O inverno está chegando e com ele as doenças respiratórias”

“Winter is coming!” A chamada faz alusão à expressão repetida com frequência numa famosa série da televisão, quando os personagens sinalizam a chegada do inverno como período de grandes problemas e dificuldades. A ela, poderíamos acrescentar: e com ele as doenças respiratórias!

A chegada do inverno é motivo de apreensão para muitas pessoas em função das doenças que surgem ou se agravam neste período. Dentre estas doenças se destacam as doenças respiratórias e em especial a Gripe.

A Gripe ou Influenza é uma doença viral, aguda do aparelho respiratório, que provoca febre, tosse, dor de garganta, dores no corpo e mal estar. Geralmente benigna e autolimitada, pode em alguns casos extremos especialmente em crianças, idosos e em alguns grupos de risco, evoluir com complicações levando à internação hospitalar e até mesmo ao óbito.

A SOPTERJ preparou um material sobre este tema, disponível em seu site, esclarecendo algumas dúvidas frequentes, como a diferença entre Gripe e Resfriado, complicações da Gripe, grupos de risco, tratamento, vacinação e prevenção em geral.




      Dia 24 de março, é o “Dia Mundial de Combate a Tuberculose”. A data foi escolhida em homenagem aos 100 anos do anúncio do descobrimento do bacilo causador da Tuberculose, ocorrida em 24 de março de 1882, pelo médico Robert Koch. Este foi um grande passo na luta pelo controle e eliminação da doença que, na época, vitimou grande parcela da população mundial.

       A campanha tem como meta orientar a população, divulgar os sintomas da tuberculose e encorajar as pessoas com suspeita de contágio a buscarem uma unidade de saúde para realização do exame – oferecido gratuitamente pelo Sistema Único de Saúde (SUS),e sobretudo, convencê-las da importância de completar o tratamento. A tuberculose atinge principalmente os pulmões, mas pode ocorrer em outras partes do nosso corpo, como nos gânglios, rins, ossos, intestinos e meninges.


Saiba mais sobre Tuberculose:



  • Você sempre quer dormir mais cinco minutinhos quando toca o despertador?
  • Vive pegando mais uma xícara de café?
  • Adoraria ter uma noite bem dormida?

 Então pare de bocejar porque 18 de março de 2016 é comemorado o
Dia Mundial do Sono, dia de sonhar grande!

O Dia Mundial do Sono é um evento global anual para chamar a atenção quanto à importância do sono.
O tema deste ano é  "Dormir bem é um sonho possível“.
O sono pode ser definido de uma forma simples como um período de descanso para o corpo e a mente.
Muitas pessoas são portadoras de distúrbios do sono e desconhecem esta condição. As alterações do sono na sua grande maioria são evitáveis ou tratáveis, mas poucos se tratam, por desconhecerem a presença destas anormalidades.
Se pelas manhãs você já acorda cansado, se você ronca ou dizem que você parece parar de respirar durante o sono, isto pode ser sugestivo de que você tem Apneia do Sono.
A APNEIA DO SONO, caracterizada por paradas respiratórias durante o sono, é uma das causas mais comuns do sono de má qualidade.

            Se o sono não é bom, a qualidade de vida também não é.


Doenças do Sono - Apneia do Sono



Acesse também:

  • Fibrose Pulmonar Idiopática - Dr. Rogério Rufino - Pneumologista
    • A Fibrose Pulmonar Idiopática (FPI) é uma doença rara no mundo. Sua definição foi realizada no início desse século por várias ...

  • Hipertensão Arterial Pulmonar - Dr Renato Abelha - Pneumologista
    • A Hipertensão Pulmonar é o aumento das pressões nas artérias que levam sangue do coração aos pulmões (artérias pulmonares), o que pode ...

  • Sarcoidose - Dr. Rogério Rufino - Pneumologista
    • A sarcoidose é uma doença rara e que se assemelha a muitas outras. Muitos médicos, especialmente os de séries televisivas como a do Dr. House ...

 

Serviços em Pneumologia

Lista de atuações associadas aos cuidados com portadores de doenças respiratórias principalmente, em serviços cujos trabalhos são realizados diretamente ou coordenados por pneumologistas associados a SOPTERJ.

Ache seu Pneumologista

Aqui você encontra, de acordo com as cidades, médicos pneumologistas sócios com cadastro atualizado na SOPTERJ, para lhe atenderem nos locais mais próximos de vocês.

Uso de Dispositivos Inalatórios

Gentilmente cedido pelos Doutores Alberto Cukier e Rafael Stelmach