Sociedade de Pneumologia e Tisiologia
do Estado do Rio de Janeiro

logo facebook  logo twitter

 
Home >> Perguntas Frequentes >> O que é câncer de pulmão?

PERGUNTAS E RESPOSTAS SOBRE CÂNCER DE PULMÃO

O que é o câncer de pulmão?

O câncer de pulmão é uma doença frequente. É o segundo tumor maligno mais comum e o primeiro em mortalidade, principalmente entre os 55 e 74 anos com uma distribuição semelhante entre homens e mulheres. Sendo um problema de saúde pública estima-se que em 2014, somente nos Estados Unidos, foram contabilizados 465.000 novos casos e 150.000 mortes por câncer de pulmão com uma taxa de cura muito baixa (inferior a 10%).

Tudo começa com uma célula pulmonar transformada, anormal, doente devido a uma agressão prolongada ao aparelho respiratório. De 80 a 90% dos casos esta agressão é causada pelo tabagismo. O fumaça inalada do cigarro, tanto pela queima do próprio cigarro quanto pela proximidade de outras pessoas fumando, pode danificar as células do pulmão, eventualmente de maneira irreversível e sem conserto. Em seguida ocorre uma multiplicação descontrolada atingindo o tamanho de um nódulo ou uma massa, com possibilidade de espalhar suas células malignas pela corrente sanguínea e alcançar outros órgãos do corpo formando uma metástase. Importante esclarecer que o cigarro, quando queimado, além de possuir várias substâncias causadores de câncer também possui a nicotina, uma substância estimulante e causadora de dependência.

Quando procurar atenção médica?

O câncer de pulmão pode parecer várias outras doenças pulmonares ou do trato aerodigestivo. Sendo assim, os pacientes devem procurar auxílio médico quando apresentarem tosse prolongada (mais de 2 meses), dor torácica sem causa aparente, infecção pulmonar, escarro sanguinolento, falta de ar persistente ou acentuação da falta de ar e chiado no peito de início recente.

A partir da consulta médica e eventual exame radiológico anormal a investigação prosseguirá até um diagnóstico de doença, não obrigatoriamente de câncer de pulmão. Em geral o diagnóstico de câncer exige coleta de material para estudo anatomopatológico podendo ser obtido por uma broncoscopia, uma punção transtorácica ou exame de escarro, de acordo com a avaliação do médico pneumologista..

Como é o tratamento?

Uma vez feito o diagnóstico anatomopatológico e de acordo com tipo histológico e a extensão da doença o tratamento poderá ser cirúrgico, quimioterápico, radioterápico ou combinado implicando em uma abordagem de equipe multidisciplinar envolvendo pneumologista, oncologista, cirurgião torácico, radioterapeuta, especialista em cuidados paliativos.

Por fim cabe lembrar que o tabagismo é a principal causa do câncer de pulmão e que a doença não teria importância se as pessoas não fumassem.

Marcos E M Paschoal
mepaschoal@idt.ufrj.br
Coordenador do Setor de Oncopneumologia
Instituto de Doenças do Tórax / Hospital Universitário Clementino Fraga Filho
Universidade Federal do Rio de Janeiro